Ulianópolis (PA)

O Pará é o estado recordista no número de trabalhadores libertados da escravidão. Um caso emblemático é o ocorrido na fazenda Pagrisa (Pará pastoril e Agrícola S.A.), na cidade de Ulianópolis (a 390 km de Belém ) em 2006. Lá foram encontrados 1.108 trabalhadores em condições análogas às da escravidão. Eles faziam a colheita e plantio da cana e dormiam em alojamentos superlotados com esgoto a céu aberto, recebiam comida estragada e água sem condições de consumo, além de salários que chegavam a R$ 10,00 por mês. Trata-se da libertação com maior número de escravos registrada no país.

Saiba mais aqui.